Habilidades Essenciais do Engenheiro e Arquiteto de Obras

Habilidades Essenciais do Engenheiro e Arquiteto de Obras

Você já teve dúvidas sobre quais habilidades do engenheiro e arquiteto de obras para ser um ótimo gestor de obras? Quando se está no começo de carreira é comum se sentir inseguro sobre como realizar a gestão de uma obra, ter uma equipe, reportar resultados de medições de empreiteiros e da própria obra e todo o cenário que envolve nesta função tão dinâmica e comum para o engenheiro e arquiteto de obras.

Depois de algum tempo com esta experiência, listei algumas habilidades neste vídeo que na minha opinião são essenciais para ter destaque na sua empresa e atingir ótimos resultados já nas primeiras obras.

Para ver todas, recomendo que assista ao vídeo acima, eu separei nele em dois tipos de habilidades:

Habilidades técnicas vs Habilidades não técnicas

Habilidades Técnicas Essenciais: 

  • Controle de Custos;
  • Orçamento de obras;
  • Planejamento de obras;
  • Métricas dos resultados ou KPI´s da obra;
  • Leitura de Projetos;
  • ISO 9001 – PBQP-H
  • Métodos Construtivos

Sobre elas, a parte de Custos já mencionei aqui algumas vezes sobre a necessidade. Na minha opinião, orçamento e planejamento deveria ser requisitos básicos para iniciar.

Logo de inicio, após ter a função de realizar a gestão da obra, o primeiro documento que você recebe é a planilha da obra. O segundo, é o cronograma, memorial e detalhes dos projetos.

Com o Controle de custos, orçamento e planejamento. Você já começa com o pé direito e já possui o conhecimento em lista de materiais, medições de empreiteiros, cronogramas físico-financeiro, comparativos de previsto x realizado. Funções como estas que são básicas para o gestor.

Se você está na obra e ainda não domina estes temas, corre porque você irá ficar para trás.

Depois, é só medir e acompanhar o orçamento e planejamento com as métricas (KPI´s da obra).

Leitura de projetos e métodos construtivos servem para você conseguir cobrar seus subordinados e verificar se o serviço na obra está sendo executado da maneira correta e evitar retrabalhos que possivelmente irão gerar custos e aumento no prazo desnecessários.

ISO 9001 – PBQP-H é um bônus e você se possuir irá ajudar bastante também, no vídeo explico e menciono uma história bem interessante sobre uma experiência que tive, onde ter este conhecimento me ajudou e muito, trabalhando nas primeiras semanas em uma construtora.

Habilidades Não Técnicas

  • Liderança
  • Gestão de Pessoas
  • Comunicação
  • Capacidade de resolver problemas e trabalhar sob pressão

As habilidades não técnicas também são importantes, a obra não gira em torno somente do eng. e arquiteto e depende de uma somatória de variáveis da engrenagem para fluir perfeitamente a execução do projeto. É claro que perfeitamente em obra não existe, e imprevistos sempre irão existir.

E com um time engajado, processos bem definidos e uma comunicação clara do Líder (Você engenheiro e arquiteto de obras), aumenta muito as chances de consertar algum tipo de imprevisto e seguir em frente com a execução.

Nestes itens, liderança, gestão de pessoas, uma comunicação clara e objetiva e a capacidade de resolver problemas e se adaptar que demandam uma mentalidade do engenheiro e arquiteto que está preparado.

E nesta hora você precisa mostrar seu valor para a empresa e justificar sua presença na obra.

Pra cima. Vamos juntos dominar a construção civil?

Compartilhe este artigo com um amigo que se sente inseguro na hora de iniciar uma obra.

Abraço.